Tag Archive for WordPress

Palestra do criador do WordPress no Latinoware 2008

Assisti no Latinoware 2008 a palestra “High Performance WordPress” ministrada pelo Matt Mullenweg.

Matt Mullenweg (fonte: site Latinoware)

Matt (foto: site Latinoware)

Inicialmente apresentou números impressionantes do wordpress.com (usuáros, page views, uso de banda).

Resumo dos tópicos que ele citou relativos à construção de uma infra-estrutura WP de alta performance:

  • Ativar WP cache;
  • Para suportar crescimento usar um cache de arquivos estáticos e imagens. Considerações sobre performance:
  1. Bom: utilizar servidor web Nginx;
  2. OK: utilizar Amazon S3;
  3. Melhor ainda: utilizar CDN (Content Delivery Network) – Panther.
  • Caso seu servidor não esteja mais suportando a carga do blog utilize 02 máquinas distintas e separe o servidor web do servidor de banco de dados;
  • Para melhorar ainda mais a performance: coloque mais máquinas adicionando múltiplos servidores web + Nginx.
  • Se ainda assim não suportar, amplie a solução adicionando múltiplos servidores de banco de dados + HyperDB;
  • Use mencache. Também falou de Batcache: dynamic output cache.

Matt fez a seguinte pergunta: – E para o seu blog? e respondeu-a com dicas para melhorar a performance:

  1. Atualizar o WordPress para a última versão pois foram implementadas inúmeras melhorias no quesito performance;
  2. Ativar plugin WP Super Cache (melhor que o WP cache);
  3. Otimizar CSS, imagens e Javascript. Criticou blogs que chegam a ativar 10 widgets causando grande queda na performance;

Quando foi aberto espaço para discussão eu fiz ao Matt uma pergunta: – Como ele ganha dinheiro se o wordpress.com hospeda os blogs de graça e qual o modelo de negócios da Automattic?

Ele disse que o WP já existia antes da Automattic e quando a empresa foi criada ele se preocupou muito em não “estragar” a comunidade existente  (citou o caso do Mysql que focou muito na parte empresarial e perdeu muito o envolvimento com a comunidade). Disse que buscou um equilíbrio, capaz de suprir as necessidades da empresa e os interesses da comunidade e destacou que tudo que a Automattic faz é liberado sob a licença GPL. Hoje a Automattic tem cerca de 37 funcionários dedicados e a empresa é lucrativa.

Fórmulas usadas para rentabilizar o negócio:

  • Serviço de Vip Hosting: por cerca de 600 dólares mensais para hospedagem. Disse que no caso de um blog talvez não fosse lucrativo, mas a partir do momento que empresas como a CNN chegam a hospedar mais de 50 blogs usando o serviço gera uma receita significativa.
  • Upgrade premium: por cerca de 15 dólares é possível obter espaço extra para o blog e deixar o blog livre dos anúncios publicitários.
  • Publicidade: acordo de publicidade com Google e Apple. Salientou que procuram não poluir as páginas do serviço com publicidade, ainda é baixo o número de páginas que exibem anúncios.
  • Akismet é vendido para uso empresarial (é grátis para uso pessoal).

Questionado por um participante sobre o fato de pessoas estarem lucrando com o WP através do desenvolvendo plugins, temas e prestação de serviços, respondeu que “Luta pelo aperfeiçoamento da plataforma de conteúdo e pelo sucesso do negócio em todo o mundo. Desde que as pessoas disponibilizem o código fonte dos produtos que desenvolveram”.

Segundo ele, muitos aderem aos programas desenvovidos pela WordPress para entrar no mercado e salientou que isso é importante para democratizar o conhecimento tecnológico, podendo inclusive gerar emprego e renda com boas perspectivas para muita gente (como os estudantes presentes na palestra). Na opinião de Matt, estas iniciativas são válidas.

Matt falou sobre a nova versão do WordPress, inclusive mostrou um screenshot da nova versão 2.7 e disse que provavelmente será lançada a partir do dia 10 de novembro. Dentre as novidades:

  • Novo layout mais limpo, com menus à esquerda;
  • Blogueiro pode responder os comentários diretamente do WP não precisando mais responder através do blog;
  • Falou sobre tornar o WP “invisível”, como se fosse em background, a idéia e deixar a plataforma tão amigável e otimizá-la de forma que a pessoa nem saiba que está usando o WordPress mas que apenas se preocupe com o seu blog, com o seu conteúdo. Sábio pensamento este…

Foi uma excelente palestra onde ele demonstrou paixão e dedicação pelo WordPress e pelo Software Livre.