Archive for July, 2009

Modelo – Documentação de Infra-estrutura de Rede

Num post anterior escrevi sobre a tarefa de documentar uma rede e sugeri uma lista mínima de itens que deviam compor a documentação de uma rede.

Alguns leitores pediram se eu poderia disponibilizar modelo de documentação para que pudessem utilizar como ponto de partida. Disponibilizo abaixo um template que pode ser utilizado, mas note que é um modelo simples (elaborado num editor de texto) e sem grandes pretensões.

Download: Modelo Documentação da Infra de Rede (formato OpenOffice)

Download: Modelo Documentação da Infra de Rede (PDF)

Se alguém quiser melhorar o documento e me enviar as alterações fique a vontade.

Na empresa onde trabalho utilizo um conjunto de ferramentas para gerenciar as informações da rede:

  • OCS-NG (para inventário de hardware… semelhante ao CACIC)
  • Wiki (Trac)
  • Nagios
  • Cacti
  • GLPI (para registro dos chamados do helpdesk)

O ideal seria utilizar uma ferramenta open source que automaticamente fizesse o mapeamento da rede e dos servidores mantendo essas informações sempre atualizadas.

Caso alguém conheça uma ferramenta assim, por favor me avise  🙂

O gerente, suas habilidades e competências

Há alguns meses assumi o cargo de Gerente de Tecnologia e tenho buscado desenvolver competências e habilidades gerenciais. Neste artigo farei  reflexões sobre o papel do gerente e características do seu trabalho (alguns pontos foram baseados no livro “Como ser um Gerente Melhor” de Michael Armstrong).

Para que serve a gerência? Podemos afirmar que os gerentes existem para alcançar resultados e que gerenciar é decidir o que fazer e conseguir que isso seja executado por outras pessoas.

Entretanto os gerentes não podem delegar tudo e muitas vezes devem se envolver pessoalmente e contar com seus próprios recursos para que as coisas aconteçam. Estes recursos podem ser: experiência, habilidades, competências e tempo onde estes devem ser usados para dirigir e motivar as pessoas, compreender situações e na análise de problemas.

O papel do gerente e natureza do seu trabalho

Os principais processos gerenciais foram definidos como sendo: Planejar, Organizar, Liderar e Controlar. Esta visão tem sido questionada pois o trabalho dos gerentes é fragmentado, variado e sujeito a ajustes contínuos.

Os papéis gerenciais estão ligados basicamente a:

  • fazer que as coisas sejam executadas (planejar à frente, manter o impulso e fazer com que as coisas aconteçam);
  • descobrir o que está acontecendo;
  • reagir a situações que surgem e a novos problemas;
  • responder às demandas e solicitações.

Estes papéis envolvem comunicação, relações interpessoais, análise de informações e tomada de decisões.

Estudos indicam que os gerentes gastam seu tempo em atividades caracterizadas pela fragmentação, brevidade e variedade. Isto acontece por algumas razões:

  1. Gerentes lidam com pessoas. Sabemos que o comportamento das pessoas é imprevisível; suas exigências e respostas são condicionadas pelas circustâncias, pressões às quais tem que reagir e por seus desejos e necessidades individuais. Surgem conflitos que devem ser solucionados.
  2. Os gerentes muitas vezes não controlam os fatos que afetam seu trabalho. Demandas súbitas são impostas de dentro e de fora da empresa e podem ocorrer crises que eles são incapazes de resolver.
  3. Espera-se que os gerentes sejam decisivos e lidem com as situações à medida que elas surgem. Portanto as prioridades constantemente são abandonadas ou modificadas.
  4. Com frequência trabalham em condições de turbulência e ambiguidade. Portanto muitas vezes tendem a ser reativos em vez de proativos pois não sabem claramente o que se espera deles quando surgem novas situações.
  5. Pelo que foi exposto percebemos que os gerentes estão sujeitos a constantes interrupções e frequentemente trabalham sob pressão. Tem pouco tempo para parar e pensar a respeito de planos e prioridades e precisam gerenciar em condições de turbulência, ambiguidade e incertezas.

O gerenciamento é um processo que existe para obter resultados, fazer com que as tarefas sejam executadas, fazendo o melhor uso possível das competências das pessoas e dos recursos financeiros e materiais à disposição.

Os gerentes em geral não são tomadores de decisão lentos e metódicos, mas sim executores que precisam reagir rapidamente aos problemas à medida que surgem e pensam de forma independente.

As atividades gerenciais são divididas por contradições, por pressões conflitantes e pela necessidade de enfrentar e solucionar conflitos. Muito tempo é gasto pelos gerentes explicando o que fazem, em relacionamentos e comunicações informais e “participando”.

Qualidades Gerenciais

Algumas qualidades e características comuns aos gerentes de sucesso:

  • Conhecimentos profissionais relevantes.
  • Sensibilidade continuada aos eventos.
  • Disposição para trabalhar duro.
  • Habilidades analíticas, para a resolução de problemas e a tomada de decisões.
  • Tomada de decisões em condições de ambigüidade.
  • Habilidades sociais.
  • Resiliência emocional (para lidar bem com a pressão).
  • Proatividade.
  • Criatividade.
  • Resolução de conflitos.
  • Autoconhecimento.
  • Perseverança e determinação.
  • Hábitos de aprendizado e habilidade equilibrados.
  • Disposição para assumir riscos.
  • Capacidade de inspirar entusiasmo.

Gerente eficaz

O gerente é avaliado não só pelos resultados mas também pelo nível de conhecimentos e competências que atingiu. Competência se refere a conhecimento e habilidades – o que as pessoas sabem e são capazes de fazer para executar bem o seu trabalho.

O gestor também será julgado pelo modo como faz o seu trabalho – como se comporta usando seus conhecimentos e habilidades. Costumam ser definidos como “competências comportamentais” e podem ser definidos como aspectos do comportamento gerencial que conduzem a um desempenho efetivo. Elas se referem às características pessoais que as pessoas trazem para seus papéis no trabalho em áreas como liderança, trabalho em equipe e comunicação.

Muitas empresas definem estruturas de competências exigidas para medir o sucesso dos seus profissionais. Os gerentes que desejam progredir precisam desenvolver essas competências e conhecer os tipos de comportamentos que são esperados deles. Exemplo de estrutura de competências:

  • Orientação para resultados
  • Identificar e explorar oportunidades de negócio
  • Comunicação
  • Foco no cliente
  • Desenvolvimento do pessoal
  • Liderança
  • Planejamento
  • Resolução de problemas
  • Trabalho em equipe.

Peter Drucker diferenciou para sempre as palavras “eficiente” e “eficaz” no jargão do management: ser eficiente é fazer certo as coisas, enquanto se eficaz é fazer as coisas certas.

No livro O Gerente Eficaz, Peter Drucker se propôs a provar que eficácia é algo que pode ser aprendido. Segundo ele, os executivos eficazes são os que se apropriam de cinco práticas ou hábitos:

  1. sabem administrar seu tempo;
  2. perguntam-se “como posso contribuir?” e concentram seus esforços nos resultados deles esperados e não no trabalho;
  3. trabalham a partir de suas forças e não se baseiam em (consertar) suas fraquezas ;
  4. sabem colocar “first things first”, ou seja, priorizam as áreas em que uma execução superior poderá fazer diferença;
  5. sabem tomar as melhores decisões, utilizando o que Drucker define como os cinco elementos da tomada de decisão eficaz. Poucas decisões, mas fundamentadas.

Os gerentes aprendem através da experiência. A experiência é um instrumento essencial para aprender a ser um bom gestor possibilitando a melhora das competências e habilidades, entretanto ela ensina de forma lenta e à custa de erros… um gerente “júnior” necessita de orientação de um mentor (por exemplo um gerente competende e com maior experiência) e de outras fontes como bons livros e cursos de aperfeiçoamento.

Gerenciar em condições de turbulência, ambiguidade e incertezas e saber tomar as melhores decisões são habilidades chaves para o sucesso gerencial.

E lembre-se que gerenciar é uma habilidade que pode ser aprendida. Você pode ser um gerente melhor ao trabalhar diariamente as habilidades que você deseja aprender.

Pesquisa FGV-EAESP – 2009 Mercado de Informática e Uso nas Empresas

Estava lendo uma pesquisa do uso de TI nas empresas e do comércio eletrônico no Brasil, divulgada anualmente pelo Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Fundação Getulio Vargas – FGV-EAESP, o GVcia.

A pesquisa foi realizada em 5.000 empresas com 2.000 respostas válidas de grandes e médias empresas. Reproduzo a seguir dados interessantes da pesquisa disponível em http://www.eaesp.fgvsp.br/subportais/interna/relacionad/gvciapesq2009.pdf

  • Empresas gastam e investem 6,0% da sua receita líquida em TI, valor dobrou em 12 anos .

  • Nos servidores corporativos o Linux tem 19% do uso no ambiente operacional e a Oracle 35% de participação em Banco de Dados.
  • A TOTVS domina em Sistemas de ERP. TOTVS, SAP e Oracle, nesta ordem, têm juntos 80% do mercado.
  • A Microsoft continua dominando a estação de trabalho das empresas com o Windows, Explorer e o Office (92% ou mais).
  • Segundo a pesquisa, em maio de 2009 existiam 60 milhões de computadores em uso no Brasil (corporativo e doméstico). Temos hoje no Brasil 01 computador para cada 03 habitantes, para 2012 a previsão é de 100 milhões: 01 computador para cada 02 habitantes.

ERP nas empresas

O Blog não morreu…

Para os meus 02 leitores: o Blog não morreu… nem de brincadeira…

Novidades na vida profissional, filho pequeno, mil e um afazeres e a prioridade do blog foi baixando, foi ficando de lado, de lado.

Há alguns meses fui convidado a assumir a gerência de tecnologia do Parque Tecnológico Itaipu. A mudança de analista de suporte para gestor de TI é um desafio interessante e estou bastante motivado em desenvolver competências gerenciais.

Estou cursando o MBA em Gerência de Projetos pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). Recebi o apoio da Fundação Parque Tecnológico Itaipu para cursar este MBA e desenvolver novas habilidades de gerenciamento de projetos, liderança de equipes, gerenciamento de recursos, tempo, orçamentos e riscos.

Em breve retornarei com novidades no blog…